Notícias: Notícia

JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DE SÃO PAULO RECEBE PRIMEIRA AÇÃO CÍVEL

Um culto ecumênico celebrado pelo Frei Rubens Sevilha, da Paróquia Santa Terezinha, pelo Rabino Henry Sobel, da Congregação Israelita Paulista e pelo pastor Elias De Andrade Pinto, da Igreja Presbiteriana Independente, marcou com mensagens de paz a solenidade de ampliação da competência do Juizado Especial Federal (JEF) de São Paulo.

"Para cultivar a paz é preciso considerar que existem diferenças. A cidadania é acima de tudo, respeitar os direitos alheios, obedecer as leis e honrar a justiça", disse Henry Sobel.

A primeira ação para receber diferenças de correção monetária sobre o FGTS deu entrada, hoje, antes da onze horas da manhã. "Sei que o valor não é grande, algo em torno de R$ 300,00, mas estou aqui porque é meu direito receber", disse Vartevar Dishchekenian, de 71 anos.

Criado em janeiro de 2002, para julgar causas de até 60 salários mínimos, o JEF de São Paulo atendia, exclusivamente, ações previdenciárias. O primeiro no país a ter um sistema totalmente informatizado, tornou-se um modelo de agilidade no processamento e julgamento dos pedidos.

A ampliação de competência vai permitir a solução rápida de processos que envolvam questões relativas ao FGTS, o Sistema Financeiro de Habitação (SFH), tributos federais e outros.

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 638 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: acom@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010