Notícias: Notícia

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DE SÃO PAULO PARTICIPA DE CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE
Servidores e terceirizados mobilizam-se para ajudar Centro de Hematologia

Com o slogan: “Ao doar sangue, você colabora para salvar até 4 vidas”, a Subsecretaria de Assistência Médico-Social do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em parceria com o Centro de Hematologia de São Paulo, promoveu no dia 6 de maio, terça-feira, a 6ª Campanha de Doação Voluntária de Sangue no TRF3.

A coleta foi realizada das 12h às 16h30. Durante este período, dos 97 funcionários que passaram pela triagem, 83 conseguiram fazer a doação de sangue. Os 14 restantes apresentaram algum impedimento, como uso de medicação, estar em período pós-cirúgico, etc.

Segundo a bióloga do Centro de Hematologia, Rita Sobral, esse tipo de campanha nas empresas é muito importante “tanto para nós como para os doadores, que às vezes não têm a disponibilidade de ir até os locais de doação”. Para ela, o deslocamento da equipe de coleta para os locais de trabalho estimula as pessoas que não doam por falta de tempo e ajuda o Centro a aumentar seus estoques de sangue.

O material doado é disponibilizado para transfusões. O sangue, depois de processado na central, segue para hospitais conveniados com o Centro de Hematologia para atender aos pacientes internados em suas unidades, como, por exemplo, os hospitais São Luiz, Nossa Senhora do Rosário, Santa Cecília, Foccus, Santa Bárbara, Nipo-Brasileiro, Paulistano, Geral de Itapevi e Metropolitano.

O próprio Centro de Hematologia também atende em seu ambulatório os casos que necessitam de transfusão de sangue, como é o caso de pacientes em tratamento de quimioterapia ou portadores de leucemia.

Para o servidor Airton do Amaral, técnico judiciário – segurança, doar sangue é um ato humanitário. “Eu comecei a doar há muito tempo e procuro doar no mínimo uma vez por ano”, afirma. Ele participa de todas as campanhas de doação de sangue no Tribunal.

Quem se sente muito orgulhoso de estar salvando vidas é o bombeiro Evandro Pereira Cruz. “Eu sou doador, é muito bom e fico muito feliz”, conclui o rapaz de 21 anos.

A coleta mobilizou uma equipe de 10 profissionais, entre auxiliares e médicos. Cada pessoa doa uma média de 450 ml de sangue e os profissionais garantem que é um ato muito simples e que as pessoas não se sentem mal, muito pelo contrário, saem satisfeitas por terem realizado uma boa ação.

Edgard Catão / ACOM

1 - Atendimento da equipe do Centro de Hematologia

2, 3 e 4 - Bombeiro Evandro Pereira Cruz, passando pela triagem e doando sangue

5 - Rita Sobral, bióloga do Centro de Hematologia, conversando com uma das auxiliares de coleta

6 - Aírton do Amaral, segurança do TRF3, na maca de coleta de sangue

7 - Doador voluntário, Alexsandro Barros, participando da Campanha


Ana Cristina Eiras
Assessoria de Comunicação
Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 918 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: acom@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010