Notícias: Notícia

ALUNOS DA UNISAL PARTICIPAM DO PROJETO TRF3 DE PORTAS ABERTAS

Estudantes de Direito conheceram a estrutura da Justiça Federal da 3ª Região na terceira visita técnica do ano

Um grupo de 24 estudantes do curso de Direito do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal), unidade Santa Teresinha, participou da terceira edição de 2017 do “TRF3 de Portas Abertas”, realizada no último dia 16 de maio. O projeto consiste numa visita monitorada com o objetivo de apresentar aos universitários a organização e o funcionamento de áreas técnicas do Tribunal, assim como a estrutura da Justiça Federal da 3ª Região, que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

A visitação é organizada pela Ouvidoria do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), coordenada pelo desembargador federal Hélio Nogueira. Na abertura, foi apresentado um vídeo institucional. Em seguida, os alunos assistiram a palestras que abordaram o histórico da Justiça Federal e o funcionamento dos Juizados Especiais Federais na 3ª Região.

A juíza federal Isadora Segalla Afanasieff, coordenadora da Central de Conciliação de São Paulo (Cecon/SP) fez uma explanação sobre Conciliação, que é uma forma consensual de solução de conflitos. “Eu fico feliz em falar com os universitários sobre conciliação, que é um tema que está se sedimentando na nossa cultura jurídica. Espero ter conseguido plantar a sementinha, para que eles venham atuar como conciliadores e para que tenham um olhar diferente sobre os conflitos que vão lidar no dia a dia como operadores do Direito”, explicou.

O professor da Unisal André Afonso de André disse que é a quarta vez que alunos da universidade visitam o TRF3. Para ele, é fundamental que os estudantes saiam da sala de aula e tenham contato com o ambiente profissional. “As visitas aos tribunais fazem parte do conteúdo da prática jurídica supervisionada”, complementou.

Na sequência da visita, os universitários participaram de uma sessão de julgamento da 10ª Turma, presidida pelo desembargador federal Baptista Pereira, que trata de temas previdenciários. Depois, conheceram a rotina da Subsecretaria da 2ª Turma e do Gabinete da desembargadora federal Tânia Marangoni.

A aluna Erika Macedo Turazza ficou surpreendida com a recepção que teve no Tribunal. “Tudo organizado, todos preocupados em passar a maior parte das informações, do trâmite processual, dos andamentos, dos volumes e da grandiosidade do TRF3”, destacou.

O juiz federal Paulo Cesar Conrado encerrou o dia com uma palestra que abordou o trabalho do magistrado. Ele ressaltou a responsabilidade de falar sobre o tema, principalmente num momento em que a Justiça Federal está em evidência.

“Conversar com os alunos é sempre uma alegria, a gente se sente renovado com este contato. Por mais que as instituições se esforcem, é muito difícil traduzir em linguagem aquilo é vivido dentro de um órgão do Judiciário. Vale a pena para eles, assim como para nós”, finalizou.

Discriminação incentiva a estudar o Direito

O estudante da Unisal Robson Batista Pereira está no 5º ano de Direito. Ele nasceu com deficiência visual. Desde pequeno já apresentava um perfil combativo, principalmente na defesa dos colegas de escola. Passou por muitas adversidades no decorrer da vida, mas sofreu uma discriminação que foi determinante para a escolha da carreira profissional.

Robson contou que uma instituição financeira lhe negou a concessão de um cartão de crédito por conta da deficiência visual. Após sofrer pelo desrespeito aos seus direitos, entendeu que poderia lutar por eles e, principalmente, ajudar outras pessoas que passassem por situação semelhante. “Eu acredito que o Direito é a chave de uma transformação social”, destacou.

Ele iniciou os estudos numa faculdade no Rio de Janeiro. Em 2010, mudou-se para São Paulo e retomou o curso na Unisal. Esteve no Tribunal pela primeira vez e elogiou o projeto “TRF3 de Portas Abertas”.

“Além do conteúdo pedagógico-jurídico que ofereceram para a gente, me toca a humildade com que as pessoas são tratadas aqui dentro. Em alguns momentos, muitos se desanimam com as agruras da vida, mas a visita me trouxe a noção de seguir em frente, porque o mesmo caminho está aberto para mim e para os demais”, concluiu.

Conhecendo a Justiça

O Projeto “TRF3 de Portas Abertas” foi implantado em novembro de 2011 e faz parte do Programa “Conhecendo a Justiça”, que tem o objetivo de levar ao público, em escolas ou instituições públicas, informações sobre as funções e atividades de órgãos do Poder Judiciário.

Os interessados em agendar uma visita podem entrar em contato pelo e-mail ouvidoria@trf3.jus.br.

ACOM/TRF3

1 - Juíza federal Isadora Segalla Afanasieff
2 - Juiz federal Paulo Cesar Conrado
3 - Professor da Unisal André Afonso de André
4 - Estudante Erika Macedo Turazza
5 - Universitário Robson Batista Pereira
6 - Alunos de Direito da Unisal
7 - Juíza federal Isadora Segalla Afanasieff com os estudantes da Unisal
 

 Assessoria de Comunicação Social do TRF3

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 1182 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: acom@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010