Notícias: Notícia

JUSTIÇA FEDERAL DA 3ª REGIÃO JULGOU MAIS PROCESSOS DO QUE RECEBEU EM 2016

Relatório Justiça em Números 2017 mostra o TRF3 como a única corte federal que reduziu seu acervo no ano anterior

A Justiça Federal da 3ª Região, que abrange os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, foi a que conseguiu julgar a maior quantidade de processos em relação aos que recebeu. Entre as cinco regiões que compõem a Justiça Federal do país, foi a única que reduziu seu acervo de casos pendentes.

Essa foi a conclusão do relatório Justiça em Números de 2017, divulgado ontem (4/9) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A publicação analisa o desempenho de todos os tribunais brasileiros sob diversos aspectos.

A comparação entre processos julgados e recebidos faz parte do Índice de Atendimento à Demanda (IAD), que busca refletir a capacidade das cortes em dar vazão ao volume de casos ingressados. Quando o índice é inferior a 100%, há aumento no número de casos pendentes.

Na 3ª Região, o IAD foi de 109,6%, sendo 101% no 2º grau e 111% no 1º grau. A fase em que os processos tiveram resposta mais rápida foi a de conhecimento, que apresentou IAD de 146%. Também nessa fase, o índice de produtividade dos magistrados (IPM-Jud) e de servidores (IPS-Jud) do primeiro grau também foi o maior entre as cortes federais.
 


Acesse aqui o relatório Justiça em Números 2017

Assessoria de Comunicação Social do TRF3
 

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 1319 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: imprensa@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010