Notícias: Notícia

ESTAGIÁRIAS DE DIREITO PARTICIPAM DO 4.º ENCONTRO DO PROJETO “DESCOBRINDO A MAGISTRATURA FEDERAL”

Evento reúne magistradas e estudantes para bate-papo e atividades que incentivam à carreira no Judiciário

O Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3) recebeu, na sexta-feira (29/3), um novo grupo de 37 estagiárias de Direito dos Fóruns da Capital e da Grande São Paulo para participar do projeto “Descobrindo a Magistratura Federal”. Desenvolvido pelo Laboratório de Inovação da Justiça Federal de São Paulo (iJuspLab), em conjunto com a Comissão AJUFE Mulheres, a atividade integra as comemorações do mês da mulher.

O encontro foi comandado pela Presidente do TRF3, Desembargadora Federal Therezinha Cazerta, que destacou que o projeto é uma oportunidade para as estagiárias conhecerem a magistratura e decidirem o futuro de suas carreiras. Ela também falou brevemente sobre a sua trajetória no Judiciário Federal.

“Esse projeto é de grande estima para nós. Completei 31 anos na Justiça Federal, comecei muito jovem, antes fui Procuradora do Estado. Estou muito feliz aqui. Hoje sou Presidente com mandato de dois anos e já completei um ano à frente do TRF3. A regra aqui no Tribunal é a antiguidade na carreira para se promover ao cargo de Desembargador, e isso tem sido respeitado”, afirmou.

Segundo a Presidente do TRF3, o interesse das mulheres pela carreira na magistratura tem diminuído ao longo dos anos. A seu ver, é algo ruim, porque diminui a representatividade do papel feminino em todas as áreas. Ela avalia que é muito importante ocupar carreiras como a da magistratura, porque deve haver um equilíbrio nos segmentos da sociedade.

“A mulher traz a sua contribuição à carreira, com sua sensibilidade que lhe é peculiar. Além disso, a inteligência privilegiada, a beleza e outras qualidades engrandecem a magistratura. O importante, na verdade, é o equilíbrio entre os gêneros na força de trabalho e, em especial, no Poder Judiciário. O Direito trabalha com os direitos humanos, com as relações sociais e a magistratura tem que reproduzir o que acontece na sociedade, que é plural. Precisamos ocupar o espaço, onde a mulher é destaque”, ressaltou.

Origem do projeto

A Desembargadora Federal Inês Virgínia, a mais nova do TRF3, tomou posse em 2018, vinda pelo 5.o constitucional, na vaga destinada a membros do Ministério Público Federal (MPF), também instigou as estagiárias a aceitar os desafios.

“Estamos muito felizes com este último encontro da primeira etapa do projeto que foi desenvolvido no Laboratório de Inovação da Justiça Federal. Foi pensado para celebrar o mês das mulheres. A ideia partiu de um personagem fictício, a estagiária Daniela, que tinha receios em prestar o concurso para juiz, porque achava que este seria um cargo difícil para as mulheres. Foram, então, traçadas estratégias para convencer Daniela a conquistar esta carreira que exige investimento e esforço pessoal. Com isso, queremos mostrar que seguir na carreira vale a pena”, salientou.

Ela relatou um pouco de sua experiência profissional, desde a época em que foi estagiária até assumir como Desembargadora no Tribunal. Sobre a carreira, a magistrada disse que, se tivesse que escolher, faria tudo de novo. Ela estimulou as estagiárias a seguir suas intuições e aceitar os desafios da carreira.

“Eu tive a intuição que seria feliz duas vezes na minha vida profissional. Era bancária e um dia larguei tudo e disse que queria ser Procuradora da República. Quando passei no concurso, fiquei com dúvidas se iria gostar depois de todo sacrifício despendido. Fiquei 21 anos no MPF e fui plenamente realizada. Novamente tracei um desafio e tive uma nova intuição que seria muita feliz sendo Desembargadora Federal. Isso se concretizou!”, finalizou.

Em seguida, as estagiárias se apresentaram e agradeceram a oportunidade de ter um contato mais próximo com a magistratura. Separadas em grupos, as estudantes foram encaminhadas para gabinetes e varas para um diálogo com as magistradas sobre os desafios, compensações da carreira e também conhecer a estrutura de trabalho.

Participaram do evento as Juízas Federais Raquel Perrini, Leila Paiva, Louise Filgueiras, Maria Carolina Akel Ayoub, Marisa Cucio, Giselle França, Isadora Segalla, Vanessa Mello, Gisele Bueno da Cruz, Noemi Martins.

Fotos: ACOM/ TRF3
Presidente do TRF3, Desembargadora Federal Therezinha Cazerta e magistradas da 3.ª Região participam do Projeto "Descobrindo a Magistratura Federal"
Estagiárias de Direito dos Fóruns da Capital e da Grande São Paulo durante o projeto “Descobrindo a Magistratura Federal"
Magistradas e Estudantes que prestigiaram o encontro do dia 29 de março



Assessoria de Comunicação Social do TRF3
 

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 1590 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: acom@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010