TRF3 SP MS JEF

acessibilidade

Transparência e Prestação de contas
ícone de acesso à internet Acesso à Internet
Menu

27 / maio / 2022
Justiça Federal condena três paraguaios por transporte de 1,8 tonelada de maconha

Ônibus com a droga conduzia 22 jovens em “excursão”

A 1ª Vara Federal de Naviraí/MS condenou três cidadãos paraguaios a dez anos, dois meses e 15 dias de reclusão pelo transporte de 1,8 tonelada de maconha em um ônibus supostamente destinado ao turismo. A decisão, de 23/5, é do juiz federal substituto Rodrigo Vaslin Diniz. 

“Está demonstrado o dolo direto, consistente na vontade livre e consciente dos acusados em transportar substância entorpecente (maconha) de origem paraguaia, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar”, afirmou o magistrado. 

Conforme a denúncia, o veículo conduzia 22 passageiros, todos jovens paraguaios que relataram ter ganho a viagem, sem nenhum ônus, como resultado de uma alegada promessa religiosa. A mulher que se identificou como responsável pela “excursão” disse que os custos tinham sido arcados pelo marido. 

Em outubro de 2021, policiais militares abordaram o ônibus, que estava estacionado em um restaurante no perímetro urbano de Juti/MS. O nervosismo do motorista e do auxiliar levantou a suspeita de alguma ilegalidade. Uma busca minuciosa, utilizando cães farejadores e ferramentas específicas, permitiu localizar o entorpecente, escondido dentro do veículo. A mulher, o motorista e o auxiliar foram presos em flagrante. 

Os três foram enquadrados no artigo 33,caput, combinado com o artigo 40, inciso I, ambos da Lei nº 11.343/2006. Além da reclusão, a sentença determinou que cada um pague 1021 dias-multa, no valor unitário de 1/30 do salário mínimo. 

Processo 5000920-53.2021.4.03.6006 

Assessoria de Comunicação do TRF3

www.twitter.com/trf3_oficial
www.instagram.com/trf3_oficial

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 331 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3

Email: acom@trf3.jus.br



Compartilhar
Pesquisa de notícias

Para notícias anteriores a Outubro de 2021, clique aqui.
Dúvidas » Email : acom@trf3.jus.br