TRF3 SP MS JEF

acessibilidade

Transparência e Prestação de contas
ícone de acesso à internet Acesso à Internet
Menu

04 / novembro / 2022
XVII Semana Nacional da Conciliação tem início na próxima segunda-feira (7/11)

Abertura do evento em São Paulo ocorrerá no TRF3 

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) participa, de 7 a 11 de novembro, da XVII Edição da Semana Nacional da Conciliação, evento promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com todos os tribunais do país, com o objetivo de disseminar a cultura da paz e do diálogo. 

Em São Paulo, a solenidade de abertura será comandada pela presidente do TRF3, desembargadora federal Marisa Santos, e pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), desembargador Ricardo Mair Anafe, na segunda-feira (7/11), às 10 horas, no 25.º andar da sede do TRF3, localizado à Avenida Paulista, 1.842. 

A cerimônia também contará com a presença do coordenador do Gabinete da Conciliação do TRF3, desembargador federal Carlos Muta; e da coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJSP, desembargadora Maria Lúcia Ribeiro De Castro Pizzotti Mendes. 

A campanha, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) desde 2006, é um esforço anual concentrado do Poder Judiciário para a solução de conflitos judiciais de maneira harmoniosa. O tema deste ano é “menos conflitos e mais recomeços”.  

A Semana Nacional de 2022 será a primeira com o retorno das pautas presenciais após a pandemia da Covid-19. Na Central de Conciliação da Justiça Federal de São Paulo (Cecon/SP), as audiências serão realizadas das 9h às 17h, na Praça da República, 299.  

Durante os cinco dias da Semana Nacional, estão previstas 3.603 audiências de conciliação sobre diferentes matérias como danos morais, comercial (Caixa Econômica Federal), Sistema Financeiro da Habitação (SFH), conselhos de classe e benefícios previdenciários.   

Entre as audiências agendadas, foram designadas pela Cecon/SP 62 audiências virtuais que serão realizadas por meio da plataforma Microsoft Teams e do WhatsApp visando à autocomposição em demandas envolvendo o pagamento de anuidades da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e benefícios previdenciários por incapacidade.  

O objetivo da campanha é demonstrar ao cidadão como ele pode aproveitar melhor o tempo ao optar pelo método de autorresolução de conflitos, que oferece praticidade e rapidez para as partes, bem como maior eficiência para a estrutura judiciária.  

No evento de 2021, o Gabinete de Conciliação do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (Gabcon) e as 33 Centrais de Conciliação e Cidadania (Cecons) nas Seções Judiciárias de São Paulo e Mato Grosso do Sul realizaram 2.931 audiências, responsáveis por encerrar 1.654 processos, movimentando R$ 10,5 milhões.  

Trabalho contínuo  

Na Justiça Federal da 3ª Região, a campanha em prol da conciliação procura finalizar de forma consensual os processos. O trabalho de magistrados e servidores ocorre durante todo o ano.  

Como conciliar  

Nos meses que antecedem à Semana Nacional da Conciliação, os tribunais selecionam os processos que têm possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas a solucionarem conflitos. Cidadãos e instituições podem pedir a inclusão de seus processos nas pautas das audiências.   

As questões que ainda não têm processo judicial (pré-processual) e outros atendimentos voltados aos cidadãos também podem ser solucionados.   

A conciliação é orientada pela Resolução nº 125/2010 do CNJ, que instituiu a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário.  

Conciliação na Justiça Federal da 3ª Região  

Na página da internet do Programa de Conciliação da Justiça Federal da 3ª Região, é possível encontrar mais informações e solicitar a participação em uma audiência por meio do link “Concilie seu processo”.   

Os interessados que não conseguirem fazer parte da XVII Semana Nacional da Conciliação terão seus pedidos analisados para futuras pautas de audiências, que ocorrem continuamente nas Centrais de Conciliação.  

As Cecons da Justiça Federal da 3ª Região atuam de forma permanente e atendem aos cidadãos, promovendo ações de incentivo à autocomposição de litígios e à pacificação social por meio da conciliação, da mediação e de outros métodos de solução consensual de conflitos.  

Com informações do CNJ  
Assessoria de Comunicação Social do TRF3  

Siga a Justiça Federal da 3ª Região nas redes sociais:   

TRF3 Instagram, Facebook, Twitter e Linkedin   

JFSP: Instagram, Facebook e Twitter   

JFMS: Instagram e Facebook 

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 335 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3

Email: acom@trf3.jus.br



Compartilhar
Pesquisa de notícias

Para notícias anteriores a Outubro de 2021, clique aqui.
Dúvidas » Email : acom@trf3.jus.br