TRF3 SP MS JEF

acessibilidade

Transparência e Prestação de contas
ícone de acesso à internet Acesso à Internet
Menu

27 / abril / 2015
TRF3 PROMOVE NOVO CURSO PARA FORMAÇÃO DE CONCILIADORES

Quem tiver interesse em participar deve se inscrever entre 4 e 8 de maio pela internet

O Gabinete da Conciliação do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) abre inscrições para mais um Curso de Formação de Conciliadores, que será ministrado de 8 a 12 de junho, das 9h às 13h e das 14h30 às 18h30, no auditório da Escola de Magistrados da Justiça Federal da 3ª Região (Emag), localizado na Avenida Paulista, 1912 – 1º andar.

O evento é gratuito e tem o objetivo de formar servidores e voluntários que desejam atuar como conciliadores. Serão oferecidas 80 vagas, sendo 40 destinadas aos servidores da Justiça Federal da 3ª Região (1º e 2º graus) e 40 aos voluntários (público externo).

O curso deve ser seguido de um estágio obrigatório de 30 horas, a serem cumpridas entre 15 de junho e 15 de dezembro de 2015, nas Centrais de Conciliação das Subseções as quais os inscritos estiverem vinculados.

As inscrições devem ser efetuadas entre 4 e 8 de maio pelo site www.trf3.jus.br/semag. O curso foi elaborado com observância das diretrizes estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na Resolução nº 125, de 29 de novembro de 2010, e considerando as particularidades da Justiça Federal. Clique aqui e leia o edital.

A conciliação é um método alternativo de solução de conflitos em que as partes são levadas a dialogar para que construam a sua própria decisão, assistidas por um conciliador treinado especificamente para a tarefa. Quando chegam a um acordo, este é homologado por um juiz e passa a ter força de lei entre as partes, finalizando o processo.

O curso aborda diversas técnicas sobre como conduzir uma audiência e mediar conflitos. Para ser conciliador voluntário é preciso ser maior de 18 anos; ser graduado ou estar regularmente matriculado em qualquer curso de nível superior, a partir do 3º ano ou 5º semestre; possuir noções básicas de informática e digitação; não possuir antecedentes criminais; firmar declaração de que não representa órgão de classe ou entidade associativa; e firmar compromisso de prestação de serviço à Justiça Federal da 3ª Região de, no mínimo, 192 horas de atuação, sem quaisquer ônus para a Administração Pública.

Dentre os instrutores encontra-se o desembargador federal Nelton dos Santos, o juiz auxiliar do CNJ André Felipe de Azevedo, os juízes federais Bruno Takahashi, Marcella Araujo da Nova Brandão, Paulo Marcos Rodrigues de Almeida e Tais Vargas Ferracini de Campos Gurgel, e os servidores Edson Luiz Sampel e Dalton Jesus De Oliveira. O curso é dirigido pela desembargadora federal Monica Nobre, coordenadora do Gabinete da Conciliação.

Assessoria de Comunicação

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 1738 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3

Email: acom@trf3.jus.br



Compartilhar
Pesquisa de notícias

Dúvidas » Email : acom@trf3.jus.br