Notícias: Notícia

FÓRUM FEDERAL EM COXIM/MS REALIZA AUDIÊNCIAS DE CONCILIAÇÃO POR VIDEOCONFERÊNCIA COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Tecnologia permitiu a negociação das partes diretamente com o escritório jurídico do banco na capital

A Unidade Avançada da Central de Conciliação de Campo Grande em Coxim, no Mato Grosso do Sul, realizou, nos dias 5 e 12 de julho, audiências de conciliação por videoconferência com a Caixa Econômica Federal (CEF) em processos sobre dano moral, empréstimos, carteira comercial, entre outros. Das audiências realizadas, 45% terminaram em acordo.

As partes compareceram ao Fórum Federal de Coxim e, por videoconferência, dialogaram com os advogados da Caixa, que estavam no escritório jurídico do banco em Campo Grande, capital do estado.

Segundo o juiz federal Paulo Marcos Rodrigues de Almeida, que atuou como conciliador, era comum em Coxim a ausência dos advogados da Caixa nas audiências devido à falta de representação local e da distância de cerca de 250 quilômetros da capital, “o que estimulava, inclusive, a apresentação de petições informando o desinteresse na conciliação”.

Agora, com a realização de videoconferência diretamente com a sede do escritório da Caixa em Campo Grande, além da economia com o deslocamento, os advogados puderam contar com o auxílio imediato dos sistemas do banco para novas simulações e contrapropostas.

Para o advogado Vinicius Cavalcanti, da Caixa Econômica Federal, a tendência com a videoconferência é aumentar o número de audiências de conciliação no interior do estado. Ele explicou que a Caixa seleciona os processos nos quais tem interesse em conciliar e oferece acordos, inclusive com descontos para facilitar a negociação. Porém, os custos com o deslocamento de advogados dificultavam essa prática fora da capital.

“Temos a expectativa de que esse sistema se estenda a outras cidades do interior, pois iria otimizar muito o trabalho, tanto dos advogados quanto do Judiciário, agilizando o andamento dos processos”, afirmou Cavalcanti.

Negociação por webcam

O advogado Geberson Helpis da Silva compareceu ao Fórum Federal de Coxim/MS para acompanhar seu cliente em uma audiência de conciliação marcada para às 11h30 e se surpreendeu com a pontualidade. “Quando os representantes da outra parte se deslocam para o interior, nós sofremos com isso, pois geralmente a pauta fica atrasada. Mas quando eu entrei na sala da audiência, o representante da Caixa já estava conectado por videoconferência”, afirmou.

Geberson contou que nunca tinha participado de uma audiência à distância e elogiou a iniciativa: “Eu tinha muitas dúvidas de como funcionava, mas o juiz nos explicou bem, nos deixou a vontade, o sistema funcionou perfeitamente e não tivemos nenhum problema de conexão. No final, tudo virou um grande bate papo”.

Durante as tratativas, seu cliente conseguiu fechar um acordo com o banco. Ele havia adquirido um empréstimo consignado, mas logo perdeu o emprego e não conseguiu mais efetuar os pagamentos. Na audiência, o banco ofereceu um desconto de quase 80% para ele quitar a dívida. “O acordo foi muito bom e meu cliente saiu satisfeito”, declarou o advogado.

Conexão

O servidor Pedro Corrêa Wey Marques auxiliou a realização das audiências e explicou que foi apenas necessário um computador, um webcam e uma televisão para retransmitir a imagem do monitor principal.

Ele ressaltou que esse sistema tem representado grande efetividade aos processos, “visto que possibilita às partes que conversem diretamente, de modo que uma exponha a outra as suas necessidades, garantindo que ocorra um acordo muito mais facilmente”.

O juiz federal Paulo Almeida considerou a experiência com a videoconferência “bem sucedida” e destacou a agilidade: “ao final das audiências, o termo de acordo assinado pelas partes em Coxim era enviado por e-mail à Caixa e imediatamente devolvido assinado, já acompanhado dos boletos de pagamento, conforme o caso”.

Para o magistrado, “a designação das audiências no próprio Fórum de Coxim, com a presença de um conciliador local, permitiu a criação do ambiente acolhedor e o desempenho de toda a metodologia da conciliação desenvolvido pelo Programa de Conciliação do TRF3”.

Quem tiver interesse em conciliar, pode solicitar a inclusão do processo na pauta de audiências pelo e-mail coxim_vara01@trf3.jus.br. É necessário incluir o número da ação e colocar no assunto: “Quero conciliar meu processo”.

 
Audiência de conciliação por videoconferência em Coxim/MS

Assessoria de Comunicação do TRF3

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 739 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: acom@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010