Notícias: Notícia

EMAG PROMOVE DEBATE SOBRE DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS

Evento também terá documentário sobre a resistência da etnia Krenak durante a ditadura militar

A Escola de Magistrados da Justiça Federal da 3ª Região (Emag) organiza, no dia 25/4, das 10h às 12h30, o evento “Violações aos direitos dos povos indígenas: entre o cinema e a ação judicial”, que será realizado no auditório da unidade na Avenida Paulista, 1.912, 1º andar, Edifício Funcef Center, em São Paulo/SP.

A partir das 10h, haverá a exibição do documentário “Guerra sem Fim: Resistência e Luta do Povo Krenak”, com duração de 30 minutos. Em seguida, será promovido um debate sobre o tema. A ideia é proporcionar reflexões sobre o direito dos povos indígenas na democracia brasileira.

O documentário está baseado em vídeos e materiais integrantes do procedimento preparatório da ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal em Minas Gerais, em dezembro de 2015, com a finalidade de reparar o povo indígena Krenak pelas violações sofridas durante o regime militar (1964-1985).

Participarão dos debates o desembargador federal José Lunardelli (diretor da Emag); o procurador da República Júlio Araújo (coordenador do Grupo de Trabalho Povos Indígenas e Regime Militar do Ministério Público Federal); o líder indígena Douglas Krenak e o professor doutor Vitor Blotta (diretor do filme e presidente da Associação Nacional de Direitos Humanos, Pesquisa e Pós-Graduação.

O evento tem a coordenação da desembargadora federal Inês Virgínia. Haverá transmissão por videoconferência para as subseções judiciárias do interior de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Será conferido certificado de participação aos presentes que atingirem a frequência mínima de 75% da carga horária. Para informações e inscrições acessar o site www.trf3.jus.br/semag.

Povo indígena

Os krenaks fazem parte de um grupo indígena que atualmente está confinado a pequenas reservas próximas do município de Resplendor/MG, na região do Vale do Rio Doce. Também são encontrados em Mato Grosso e São Paulo. A língua krenak se encontra em situação crítica de perigo, a um passo da extinção.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 731 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 - 3012-1329/3012-1446

Email: acom@trf3.jus.br



Dados para pesquisa de notícias


Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Av. Paulista, 1842 - Cep: 01310-936 - SP - © 2010