TRF3 SP MS JEF

acessibilidade

Transparência e Prestação de contas
ícone de acesso à internet Acesso à Internet
Menu

13 / março / 2023
Mutirão em Fernandópolis/SP realiza mais de sete mil atendimentos

“Noroeste em Ação Cidadã” foi coordenado pelo TRF3 e pela JF/Jales e ofereceu cerca de 30 serviços a pessoas em situação de vulnerabilidade social da região 

Terminou no dia 9/3, no município de Fernandópolis, interior paulista, o “Noroeste em Ação Cidadã - Parcerias por um Mundo Melhor”, projeto coordenado pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) e pela Justiça Federal em Jales/SP. Em dois dias de evento, 1.122 pessoas passaram pela triagem na Praça Joaquim Antônio Pereira, Centro, totalizando 7.352 atendimentos.

Na Justiça Federal, foram realizados 37 atendimentos, quatro audiências de conciliação com acordos homologados, além de quatro perícias médicas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Já as Secretarias Municipais do Meio Ambiente, Saúde, Assistência Social, Cultura e de Educação totalizaram 1.700 atendimentos.

A Defensoria Pública da União (DPU) promoveu 80 atendimentos; Defensoria Pública do Estado (DPE) 141; Advocacia Geral da União (AGU) 27; Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE/SP) 110; Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 21; Ministério Público de São Paulo (MPSP) 13; Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) 15; Junta Militar 21; Procuradoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) 47; Poupatempo 173; Caixa Econômica Federal 67; doações de roupas pela Escola Adventista 2.500; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) 49; beleza (hidratação e cortes de cabelo, esmaltação e sobrancelha) 292; Minha Casa Minha Vida 160; doação de mudas 310; doação de livros 98; vacinas aplicadas 84, entre outros.

Mais de mil pessoas passaram pela triagem do “Noroeste em Ação Cidadã” (Foto: Acom/TRF3) 

“Desde o início, nossa ideia sempre foi oferecer serviços concentrados para a população em local de fácil acesso e permitir que todos exercessem o seu direito de cidadania”, declarou o juiz federal Roberto Lima Campelo, da 1ª Vara Federal de Jales/SP. 

Além de Fernandópolis, o “Noroeste em Ação Cidadã” atendeu a população dos municípios de Estrela D´Oeste, Indiaporã, Macedônia, Meridiano, Mira Estrela, Ouroeste, Pedranópolis, Populina, São João das Duas Pontes, São João de Iracema e Turmalina/SP.  

Justiça Federal atende moradora de Fernandópolis (Foto: Acom/TRF3) 

A ação conjunta contou com a participação de mais de 30 entidades que realizaram atendimentos de assistência social e de saúde; expedição de documentos; atendimentos jurídicos por instituições parceiras e acesso à Justiça para ingresso de ações ou procedimentos extrajudiciais. 

Casos atendidos 

Em uma das audiências realizadas pela Justiça Federal, dona Olídia Prando Baptista, 81, obteve a concessão da aposentadoria por idade híbrida. Isso foi possível graças ao acordo firmado entre as partes (INSS, Procuradoria da República e representante da autora) e homologado pela Justiça. “Quando ouvi falar deste evento corri para cá, foi a melhor coisa que fiz. Saio daqui com a aposentadoria garantida e estou muito feliz”, disse. 

O juiz federal Roberto Campelo e o procurador da República Silvio Marques Garcia em audiência com dona Olídia (Foto: Acom/TRF3) 

Gessineia Rodrigues Paim Esteves, 22, aproveitou a oportunidade para fazer o título de eleitor e a carteira profissional. “Achei muito interessante, nunca tinha visto um evento assim. Facilitou minha vida pois está no centro da cidade e como trabalho aqui perto aproveitei a oportunidade.” 

Gessineia Esteves tirou novos documentos (Foto: Acom/TRF3) 

Dona Maria Aparecida Barbosa Santana, 63, foi ao local para dar entrada no pedido de aposentadoria. “Achei mais acessível e fácil vir aqui do que ir até o INSS. Fui atendida rapidamente e estou satisfeita. Esse tipo de mutirão é muito importante, deveria ter mais vezes.” 

Maria Aparecida Santana esclareceu dúvidas sobre a aposentadoria (Foto: Acom/TRF3) 

Já dona Maria Rodrigues dos Santos, 67, buscou o “Noroeste em Ação Cidadã” para orientações sobre como receber valores atrasados de aposentadoria. “Fiquei sabendo do evento pela televisão e pelo carro de som que passou em minha rua. Isso é muito bom pois há tempos pensava em ir ao fórum.” 

Maria Rodrigues dos Santos buscou informações sobre valores atrasados de aposentadoria (Foto: Acom/TRF3) 

Dirceu Santiago do Nascimento, 58, mora numa área rural e foi ao mutirão buscar informações sobre um processo de desapropriação. “A ação está em Jales e pra mim é complicado ir até lá. Para ter informações dependo do advogado. A ideia de oferecer esses serviços no centro de Fernandópolis foi muito boa. Falei com o juiz diretamente e fiquei bastante satisfeito.” 

Dirceu Santiago do Nascimento tirou dúvidas sobre um processo de desapropriação (Foto: Acom/TRF3) 

Isadora Ribeiro Araújo Cortez, 28, foi ao mutirão para receber orientações sobre como cancelar um processo de aposentadoria do pai, que veio a falecer. “Achei muito interessante reunir tantos órgãos num mesmo lugar, Justiça, Sabesp, Poupatempo, Caixa Econômica Federal etc. Isso facilita muito nossa vida.” 

Isadora Ribeiro Cortez elogiou a iniciativa da Justiça Federal (Foto: Acom/TRF3) 

O mutirão contou com a cooperação de instituições do poder público federal, estadual, municipal e organizações da sociedade civil. O objetivo foi garantir à população de baixa renda e em situação de rua o acesso a serviços para exercício dos direitos básicos de cidadania, assistência social, saúde e justiça. 

Assessoria de Comunicação Social do TRF3   
 
Siga a Justiça Federal da 3ª Região nas redes sociais:   
TRF3: InstagramFacebookTwitter e Linkedin    
JFSP: InstagramFacebook e Twitter    
JFMS: Instagram e Facebook   

Visitas a notícia

Esta notícia foi visualizada 516 vezes.

Assessoria de Comunicação Social do TRF3

Email: acom@trf3.jus.br



Compartilhar
Pesquisa de notícias

Para notícias anteriores a Outubro de 2021, clique aqui.
Dúvidas » Email : acom@trf3.jus.br